Até 2025, o número de hipertensos nos países em desenvolvimento, como o Brasil, deverá crescer 80%, segundo estudo conjunto da Escola de Economia de Londres, do Instituto Karolinska (Suécia) e da Universidade do Estado de Nova York. Em contrapartida, a Administração Municipal não quer participar destes números e, por isso, está reforçando os trabalhos!

No dia 28/02, a Dr.a Thayanne, a enfermeira Fabiana e a agente comunitária de saúde, Lidiana, conversaram com o grupo de hipertensos da Estratégia Saúde da Família – Cuidar, sobre importância do autocuidado como prevenção de complicações da hipertensão arterial.

ADM 2017-2020: RENOVANDO O PRESENTE, PROJETANDO O FUTURO.

(RSS generated with FetchRss)